terça-feira, janeiro 13, 2009

A EXPANSÃO TERRITORIAL SIONISTA

1896 - O judeu-austríaco Theodor Herzl (1860-1904), numa reação ao anti-semitismo, publica o livro “O Estado Judeu” em que defende a criação de um Estado nacional judaico, transformando o sionismo, de difusa aspiração mística em ideal político concreto. Inicia-se a migração, patrocinada por banqueiros, de judeus à Palestina.
1923 - Os judeus somam a 11% do total da população da Palestina.
1948 - Ano da criação do Estado de Israel, os judeus controlam 75% da Palestina, cerca de 700.000 palestinos são levados para campos de refugiados.

1967 - Israel invade o Sinai, Gaza, as colinas do Golan (Síria) e Cisjordânia, se intensifica a política da construção de assentamentos desconsiderando todos os direitos dos árabes ali reidentes e expulsando-os das suas localidades. A população árabe na região se reduz a 13% de um total de 2,3 milhões de habitantes.
2009 - Israel controla 90% do território palestino, 1,3 milhões de palestinos encontram-se encurralados em Gaza e 3 milhões vivem em campos de refugiados.

Nenhum comentário:

Arquivo do blog