quarta-feira, outubro 06, 2010

QUAL CANDIDATO ASSINOU A FAVOR DO ABORTO?

MINISTÉRIO DA SAÚDE
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DOS AGRAVOS RESULTANTES DA VIOLÊNCIA SEXUAL CONTRA
MULHERES E ADOLESCENTES
NORMA TÉCNICA
1ª EDIÇÃO
BRASÍLIA
1998
2
I - APRESENTAÇÃO
As mulheres vêm conquistando nas últimas décadas direitos sociais que a história e a cultura reservaram aos
homens durante séculos. no entanto, ainda permanecem relações significativamente desiguais entre ambos os
sexos, sendo o mais grave deles a violência sexual contra a mulher.
É dever do Estado e da Sociedade civil delinearem estratégias para terminar com esta violência. E, ao setor saúde
compete acolher as vítimas, e não virar as costas para elas, buscando minimizar sua dor e evitar outros agravos.
O braço executivo das ações de saúde no Brasil é formado pelos estados e municípios e, é a eles que o Ministério
da Saúde oferece subsídios para medidas que assegurem a estas mulheres a harmonia necessária para
prosseguirem, com dignidade, suas vidas.
José Serra
Ministro da Saúde

SAIBA MAIS: http://www.cfemea.org.br/pdf/normatecnicams.pdf

O ABSURDO DAS MENTIRAS POLÍTICAS

EXTRAÍDO DO BLOG DA MARIA FRÔ

http://mariafro.com.br/wordpress/

A Gênese do Neo-Fascismo

No espaço Wilhelm Reich encontrei esta definição sobre a natureza psicológica do Fascismo:

Na história da humanidade não é difícil encontrar inúmeros exemplos de processos de praga emocional em ação. O surgimento do fascismo na Alemanha nazista seria um excelente exemplo. O termo praga se refere à natureza contagiosa da histeria social e à dificuldade de se resistir a ela. Em seu livro A Psicologia de Massas do Fascismo, Reich já havia tentado compreender o surgimento do nazismo. Para ele o fascismo político seria a expressão social de um fascismo básico, emocional e individual. Poderia ser encontrado em todos os credos religiosos, podendo ocorrer mesmo em grupos de pessoas cujos objetivos conscientes tivessem um caráter extremamente positivo.”

Além disto, revejo como didaticamente, os meios de comunicações vão degradando o espaço da informação, substituindo pela corrosiva luta política apelativa, sem noção do mal que carrega para sociedade, na tentativa de atingir o Governo atual e sua candidata não se negaram a publicar falsas notícias com o intuito claro de macular a imagem dela:

1) Ficha falsa da Dilma na Folha de SP, sem jamais se retratar;

2) Chamada de capa para artigo de Cesar Benjamin dizendo que Lula tentou violar um preso quando se encontrava preso (Menino do MEP);

3) Revista Época publica a imagem da Dilma “guerrilheira”;

4) Várias capas da Veja com os “radicais” do PT em forma de demônios;

5) Estadão publica editorial apoiando Serra, em que nomeia Dilma como o “Mal a evitar”;

6) Questão do aborto tratada sem a devida posição real do que Dilma pensa;

As centenas de emails falsos sobre a vida pessoal da Dilma, seu “lesbianismo”, sobre querer “matar as criancinhas” (Palavras de Mônica Serra em Nova Iguaçu-RJ) Vejam a lista no link. Isto combinado com os vídeos que o PSDB produziu e postou no Youtube e não teve coragem suficiente de pôr na TV. Os trolls que atacam sem a menor capacidade de debate político, que apenas reforçam o ódio, atacam a honra e a imagem de cada um de nós.

Por tudo isto vejo de onde vem todo este ódio, o Fascismo redivivo, que é protegido por uma mídia cada vez mais ardente por SANGUE e ÓDIO. Mas não dobrarão nossa vontade indômita de lutar por um mundo melhor e um Brasil mais justo.

Arquivo do blog