quarta-feira, abril 04, 2007

A AMEAÇA QUE VEM DOS CÉUS (ou da torres de controle)

Notícia publicada no site www.uol.com.br :

04/04/2007 - 07h40
Controladores ameaçam parar de novo após a Páscoa

Brasília - Contrariados com o rumo das negociações com o governo, controladores de vôo civis e militares ameaçam aumentar a temperatura do caos aéreo depois da Páscoa. Internamente, as associações estariam organizando uma nova paralisação dos controladores civis. O dia do novo apagão aéreo ainda está sendo mantido em absoluto sigilo.

Pelo plano em gestação, o passo seguinte é outra ação para forçar o governo a retomar as negociações: desencadear um processo de pedidos de baixa coletivos dos controladores militares mais antigos - o que representaria, segundo um líder sindical ouvido pelo jornal O Estado de S. Paulo, a retirada de pelo menos 40% dos 1.500 que atuam no País.

Tem mais...agora a ameça... "Isso seria o caos e o governo é que teria de resolver sozinho", disse um sindicalista. "Os controladores, em sua grande maioria, não teriam problemas, já que todos têm mais de um emprego. Com as baixas, eles deixariam de sofrer e tocariam suas vidas em outras profissões, já que muito de nós somos médicos, dentistas, professores, vidraceiros e até taxistas."

Em sã consciência, já passaram dos limites. Quer dizer então, que uma classe (zinha) quer por o País de joelhos? Por que já extrapolou, não é mais o Governo é o País que esseszinhos querem submeter a sua vontade. Perderam a seriedade, perderam o bom senso, perderam a sobriedade.

Agora, é o exato momento para se negociar de forma profissional, buscar a desmilitarização do setor, buscar melhores salários e avanços em equipamento e tecnologia. Mas não, querem o enfrentamento... uma pena!

Nenhum comentário:

Arquivo do blog